sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Um mês depois sem vesícula...

Olá pessoal!
Hoje completei um mês que tirei a vesícula.
Já retornei ao médico e por enquanto está tudo bem clinicamente falando. Eles coletaram amostras do tecido da vesícula para exames, que segundo eles, é procedimento padrão lá no HC, só que ainda não saiu o resultado, então, só retorno ao cirurgião daqui 6 meses.

Eu já disse aqui em algum lugar que minha cicatrização é bastante ruim, sempre formam queloides nas incisões cirúrgicas, porém, para minha alegria, desta vez minhas cicatrizes estão maravilhosas, acredito que daqui uns meses vai ser até difícil perceber que foi feito alguma coisa. Acho que o maior responsável por isso foi o fato de terem colado ao invés de darem os costumeiros pontos.

Relacionado a minha alimentação a única intolerância que percebi foram amendoins, as duas vezes que comi foi uma correria danada para o banheiro. Tirando esses dois episódios do amendoim, continuei sem enjoo, azia, diarreia, dor, etc.

Muitas mulheres têm medo da incisão que fazem no umbigo, li alguns relatos onde o umbigo fica meio deformado. Comigo não aconteceu absolutamente nada, não inchou, não ficou com hematomas e hoje já cicatrizado, vejo que não mudou em nada a anatomia dele.

Uma coisa que eu viciei antes de ir para o centro cirúrgico, foi ver no youtube vídeos abrindo várias vesículas, tem bastante vídeos e são bem interessantes, tem alguns que sai uma pedra só, tem outros que saem várias e teve um em particular que saiu praticamente a vesícula inteira empedrada em uma única só pedra, que partiu no meio e virou duas. Não achei nenhum vídeo com pedras alaranjadas iguais as minhas :/

Abaixo segue o esquema das incisões.



Bom, isso foi o que eu encontrei após sair da cirurgia.
A incisão A foi por onde a vesícula foi retirada. As incisões B e C foram por onde as "ferramentas" entraram para cortar, suturar, etc. E a incisão D, no umbigo, foi por onde eles injetam o famoso gás que muitas pessoas temem por ter a fama de causar o maior desconforto da cirurgia, e também a câmera por onde eles visualizavam toda a cirurgia. Eu também estava com a sonda vesical (retirada algumas horas depois da cirurgia e NÃO DOEU, rsrsrs ), e também um acesso venoso no braço esquerdo para aplicar medicamentos direto na veia.



É isso aí, qualquer dúvida é só perguntar.

Nenhum comentário: