quinta-feira, 9 de junho de 2011

Quinta-Cheia... Parte I

Neste momento estou com um caderno na mão escrevendo esse texto. Acabei de chegar no Hospital Brigadeiro, e acho que minha ansiedade em falar com a médica é tão grande que dentro do ônibus estava conversando a respeito com minha mãe e deveria estar falando alto e nem percebi, só sei que metade do ônibus estava me ensinando onde descer para chegar no hospital, isso sem eu pedir pois já sabia na verdade onde iria descer, mas foi valido, mostrou que brasileiro é solidário (e fica de orelha na conversa dos outros, hahahaha, brincadeira...).
São exatamente 11:50 e minha consulta esta marcada para as 14:45, cheguei cedo por ter vindo da sede do meu atual convênio, fui resolver alguns problemas e saí com soluções "meia-boca", antes de passar na sede do convênio, eu fui na clinica onde eu faço hemodiálise pois estou com uma infecção urinaria que persiste há 4 meses, e os remédios via oral não ajudam mais, agora é somente antibiótico na veia, e para tomar esse remédio eu preciso ir por duas quintas até a clinica de hemodialise para algum enfermeiro me aplicar. O processo na clinica foi suave, cheguei praticamente no horário que dialiso normalmente, fiquei esperando achar meu prontuário, como não dialiso mais de quinta ele não estava na maquina como costuma ficar, assim que acharam fui medicada, saí da clinica e corri para uma padaria maravilhosa que tem lá perto e comi uma coisinha só para aguentar o resto do dia que promete ser corrido. Depois da padaria fui em direção a sede do convenio, e apesar de ser também perto, fiquei ensopada, pois no meio do caminho começou a chover muito. Como disse, no convenio não consegui soluções satisfatórias, o Sr. que me atendeu teve a capacidade de dizer que não era problema deles se eu costumava fazer exames em um lugar e agora eles não aceitavam mais esse convenio, ou seja, o problema é meu. Como minha preocupação maior estava na consulta que vem agora na parte da tarde, não quis estressar com isso, afinal é um período de adaptação, o convênio comprou a carta de clientes de outros 2 convênios e já não dava conta dos próprios clientes, enfim, acho até que já disse isso... Voltando, enquanto espero, estou analisando meu exame mensal que peguei na clinica e a boa noticia é que apesar de eu estar dialisando somente 2x por semana, os resultados vieram até um pouco abaixo do que estava nos últimos meses, o que foi uma boa novidade, a única coisa preocupante foi meu TGP que costumava ser de 10 esta em 130 e segundo o laudo, o exame foi repetido e confirmado, aí eu na minha paranóia, como não sei o que causou a falência dos meus rins, estou aqui pensando "será que tenho alguma doença que ataca vários órgãos e agora esta atacando o fígado?", resultado, estou mais ansiosa que antes pela consulta.
Devido minha memória estar um pouco ruim e eu sempre que entro em um consultório esqueço pelo menos metade do que gostaria de falar, digitei uma folha, que parece ate com um "currículo de paciente", onde listei todos os sintomas que ando tendo, relacionados e não relacionados à doença renal, coloquei a lista de medicamentos e a famosa tabelinha com todos os resultados do PTH. Eis a folhinha:

Alguns dados estão borrados por serem pessoais, só estou deixando aqui de exemplo, aí quem tem o mesmo problema que eu, e sai de uma consulta sempre esquecendo algum detalhe, é só fazer uma dessas, eu não sei o que a medica vai pensar ao ver tudo listado, mas vai ser assim, pelo menos consigo discutir tudo que preciso.

Ficar na sala de espera de um hospital que esta especializado a atender pacientes pré/pós-transplante é muito interessante, você sempre conhece alguém com situação semelhante a sua, acaba escutando sua própria historia na boca de outra pessoa. Ainda assim, apesar de existir tantas coisas em comum, sempre existem detalhes diferentes e você vai embora com alguma coisa nova, sempre existe algo para você aprender sobre sua própria doença, ninguém fica 100% ciente das coisas.

Escrevi... Escrevi... Escrevi... E agora vou ter que passar pela triagem e tirar pressão, pesar, etc...

Continua depois...

Nenhum comentário: