sexta-feira, 8 de abril de 2011

Sr. J

Antes de ir para Piracicaba eu fui dialisar e ao chegar na clinica estranhei que o Sr. J. não estava na cadeira, ele geralmente era o primeiro a sentar lá no Box, até que recebi a maravilhosa noticia que ele havia transplantado.
Ninguém tem a noção da felicidade que senti (e ainda sinto), o Sr. J. é uma pessoa muito querida, me dava bala, me emprestava suas revistas (e olha que ele tem um ciúme delas, rs), me indicava filmes e ainda fazíamos competição com nossa pressão, hahahaha, a minha sempre era menor, ele sempre ganhava, mas por pouco.

Fazia apenas 6 meses que ele estava na fila de transplantes e foi chamado, e o mais lindo disso é que ele sempre foi desencanadão, não ficava na expectativa do transplante, tanto que fazia 3 anos que fazia hemodiálise e só resolveu entrar para fila há 6 meses.

Eu perdi um excelente parceiro de Box, mas com certeza estou feliz por ele ter entrado em outra etapa dessa doença. Já sei que ele esta passando bem, mas ainda não tive oportunidade de falar com ele.

Enfim, que Deus conserve por muitos e muitos anos o enxerto do Sr. J. e que ele viva feliz e assista muitos filmes como sei que ele gosta, rsrsrs...

Agora no Box a estatística esta em: 2 transplantes e 1 óbito em um periodo de 1 ano e 5 meses.

Nenhum comentário: