quinta-feira, 28 de abril de 2011

1 ano e 5 meses...

Eu lembro no começo, as primeiras semanas de hemodiálise na clinica, minha família revezava, um dia ia meu pai, um dia minha mãe, meu irmão ficava por lá sempre, meu namorado às vezes ia também, e todos eles comentavam como eu saia bem da hemodiálise, que a maioria saia como se estivessem bêbados, com um "desequilíbrio esquisito" segundo minha família. Atualmente eu ando saindo assim da hemodiálise, na verdade faz tempo que não saio em perfeitas condições, como saia no começo. Estou com uma seria hipotensão, que não consigo solucionar, esta sendo uma verdadeira luta para sobreviver em cada sessão de hemodiálise, eu passo muito mal, sinto meu corpo todo desligando e apenas o coração entrando em uma aceleração absurda. Os médicos da clinicas querem que eu vá para diálise peritoneal, mas sinceramente rejeito esse tipo de tratamento, mas isso é uma opinião pessoal, eu conheço pessoas que adoram a peritoneal e odeiam a hemodiálise, isso vai de cada pessoa, cada organismo, minha rejeição é tanta que venho ate perdendo o sono devido a isso.
Bom, não tem muito que eu possa fazer a não ser evitar pegar muito peso. Para compensar, as dores que sentia tanto nas costas quase que desapareceram, as dos tornozelos também, restam somente as dos joelhos que só sinto quando preciso encarar alguma escada.
Para ajudar estou com uma infecção, que aparentemente é o maior motivo de eu estar urinando muito pouco (gotas por dia, e olhe lá), espero mesmo que seja, pois  estou um pouco abalada por parar de urinar.
A luta continua uma hora vai passar, eu sei disso, só não posso desanimar.

Minha mente atualmente esta irritada.
Meu físico atualmente esta melhorando (minhas dores estão diminuindo, a única coisa que complicou foi a hipotensão).

Nenhum comentário: