domingo, 23 de janeiro de 2011

Nefropatia por IgA

Nomes alternativos :
Doença de Berger

Definição:
Distúrbio caracterizado por sangue na urina, causado por inflamação das estruturas internas do rim e por depósitos de anticorpos IgA no tecido mesangial do rim.

Causas, incidência e fatores de risco:
A nefropatia por IgA (doença de Berger) é uma forma de nefrite mesangial proliferativa. Ocorre a inflamação dos glomérulos renais e depósitos de IgA (um tipo de anticorpo) no rim. O distúrbio pode aparecer de forma aguda, progredindo rapidamente ou como glomerulonefrite crônica; ou como hematúria, (sangue na urina) visível ou microscópico.

A doença de Berger geralmente é descoberta após um ou mais episódios de sangue na urina ou urina escura, sem nenhum outro sintoma de distúrbio renal. O sangue na urina pode começar durante ou logo após uma infecção respiratória. Embora a síndrome nefrítica aguda ou a síndrome nefrótica (grupos de sintomas associados com a diminuição das funções renais) possam estar presentes, o distúrbio geralmente não afeta permanentemente as funções renais. Em ocasiões raras, ele pode progredir para insuficiência renal crônica.

Os fatores de risco incluem uma história pessoal ou familiar de nefropatia por IgA ou púrpura de Henoch Schonlein (uma forma de vasculite que afeta muitas partes do corpo e pode causar uma lesão no rim que é idêntica à lesão da doença de Berger).

A doença de Berger pode ocorrer em pessoas de todas as idades, mas afeta com maior freqüência pessoas do sexo masculino desde a adolescência até por volta dos 30 anos de idade.

Sintomas:
    * alterações na cor da urina
          - sangue na urina
          - urina escura, marrom ou cor de ferrugem
    *      episódios repetidos de sangue na urina ou urina escura

Sinais e exames:
Não aparecem alterações específicas no exame físico. Ocasionalmente, a pressão sangüínea pode estar alta ou pode haver inchaço (edema) do corpo.

    * urina tipo I mostra cilindros na urina de glóbulos vermelhos e sangue e pode também mostrar proteína e gorduras
    * biópsia do rim mostra depósitos de anticorpos IgA e confirma o diagnóstico
    * imunoeletroforese na urina mostra anticorpos IgA

Tratamento:

O objetivo do tratamento é aliviar os sintomas e prevenir ou retardar a insuficiência renal crônica.

Os medicamentos anti-hipertensivos e diuréticos podem ser receitados para controlar pressão sangüínea alta e edema. A medida mais importante para retardar o dano renal é controlar a pressão sangüínea. Pode-se restringir o consumo de sódio (sal) e líquidos para controlar o inchaço. Dieta baixa ou moderada em proteína pode ser recomendada.
Grupos de apoio:

O estresse causado pela doença geralmente pode ser aliviado por meio da participação em um grupo de apoio, onde os membros compartilham experiências e problemas em comum. Veja grupo de apoio para doença renal.

Expectativas (prognóstico):

A nefropatia por IgA progride lentamente. Em muitos casos, ela simplesmente não progride. A pressão sangüínea alta, grandes quantidades de proteína na urina e níveis elevados de BUN ou creatinina (exames de sangue que refletem as funções renais) indicam um risco alto para a progressão do distúrbio. Cerca de 25% das pessoas com nefropatia por IgA desenvolvem doença renal em estágio final dentro de aproximadamente 25 anos.

Complicações:

    * insuficiência renal crônica
    * doença renal em estágio final

Solicitação de assistência médica:
Marque uma consulta com seu médico se aparecer sangue na urina ou se ocorrer a diminuição da produção de urina.

Prevenção:
Não existe prevenção conhecida.

Nenhum comentário: