sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Um vilão chamado PTH...

Há dois anos mais ou menos, muito antes de saber que era uma renal crônica, eu sinto dores em meus joelhos e calcanhares...
Essas dores começaram logo após uma queda que tive na escada de casa, então sempre achei que os sintomas eram devido a essa queda. Foram meses investigando o que poderia estar causando essas dores, meses em varias consultas com ortopedistas, vários diagnósticos, mas nenhum tratamento de efeito.
Então em uma dessas milhares de consultas a ortopedistas, um identificou a anemia severa, o que levou a um mero exame de sangue, que me levou ao diagnostico da IRC.
Depois do diagnostico, todo o tratamento foi direcionado para IRC e as dores nos joelhos/calcanhares foram para segundo plano, já que a gravidade maior estava na IRC.
Agora, que tirei o cateter e com isso ganhei uma confiança maior para voltar a freqüentar consultórios médicos (receio de pegar infecção hospitalar no cateter), voltei a me dedicar no diagnostico dessas dores.
Um neurologista analisou minha ressonância da coluna lombar, e falou que eu tenho apenas protusões na coluna, coisa normal, que toda pessoa que trabalha muito tempo sentada ou em pé tem, ou seja, estava descartada a hérnia de disco, que poderia estar causando as dores.
Na densitometria que eu fiz, acusou osteopenia, o que também pode ser a causadora das dores, mas isso eu vou saber somente após a avaliação de um novo ortopedista.
Outro possível causador dessas dores é o PHT, que é o hormônio da paratireóide, que regula a concentração de cálcio no sangue. Já fiz o exame do PTH 6x, 2 delas os exames deram normais, contudo nas outras 4 vezes, os níveis estavam exorbitantes. Quem tem IRC tende a ter o PTH alto, e o mesmo é controlado com um medicamento chamado Calcitriol, se esse medicamento não consegue reduzir os níveis do PTH, é necessário operar a paratireóide, removendo-as (são 4 glândulas) e implantando uma no braço. O PTH alto causa dores nos ossos, o que pode explicar as dores que sinto.
O que não entendo, é que com o PTH alto, o nível de cálcio no sangue deveria estar alto também, mas esta normal. O tratamento é muito lento, e eu quase não consigo mais andar. Esperar pela reação do Calcitriol me deixa um pouco desanimada, mas torcer pela cirurgia também não é a melhor saída, já que qualquer procedimento cirúrgico em um paciente renal requer muito mais cuidado que o normal. O que não dá, é continuar com essas dores e perder a mobilidade por algo que pode ser resolvido.
Nessa hora queria um Dr. House para me ajudar, rsrs.

13 comentários:

Leiliane da Silva disse...

Olá ANA Paula..tudo bem ?
Espero que sim...meu nome é Leiliane e como vc também sou uma paciente renal crônica a mais tempo que vc ..pois descobri que estava doente quando tinha dezesseis anos ..bem a historia é longa ..mas gostei muito do seu comentário e acho muito legal que vc tenha criado ese blog para comunicar-se com pessoas como nós ...qualquer coisa entre em contato comigo !! um abraço.

Ricardo disse...

Olá Ana Paula, procurando informação sobre o PTH cai aqui no seu blog. Sou transplantado há 18 anos e vivo muito bem. Tenha fé pq Deus é muito generoso!!! Boa sorte!!!

Ana Paula disse...

Obrigada Ricardo, espero que tenha encontrado a informação que queria :)

Day disse...

Olá Ana Paula,sou paciente oncológica (tireóide) já operada e seguindo reposição hormonal.
Meu PTH deu baixo e os demais normais (calcio, fosforo, potassio, creatinina).Estou preocupada em mais uma doença.Mas tudo é possível pra Deus. Boa sorte.Bjs

Ana Paula disse...

Olá Day, acredito que não precisa ficar preocupada, se sua creatinina esta normal, talvez você só tenha que tomar algum remedio para compensar a queda do PTH, mas é bom sempre fazer um acompanhamento medico nessa parte. Fica tranquila. Bjos

cleide cristina disse...

olá sou a cleide tbm sou renal cronica ..e estou com o PTH muito alto e nao quero fazer a ciruegia gostaria de saber se o remedio que vc tomou adiantou porque tbm ouvi fala dele .. obrigado

mara disse...

Ana, procure o dr.Aluizio B. Ccarvalho do HOSPITAL DO RIM E HIPERTENSÃO , ele e o melhor médico da área osteodistrofia renal do BRASIL. E muita fé querida.

silvia disse...

oi Ana eu fiz hemodiálise durante +ou- seis anos entrei na fila para transplantes em 2006 e em agosto de 2012 eu transplantei enfrentei bastante problemas nesse ano de transplante como diz a minha Médica eu comecei com pé esquerdo mas aos poucos as coisas estão se ajeitando,tenho meu pth bem alto e o prazo que nos é dado após o transplante renal é de um ano para ele se normalizar então minha médica comentou comigo sobre a cirurgia para retirar as glandulas paratireoides mas repetirei meus exames em novembro mas provavelmente só faça a cirurgia ano que vem ja visitei muito os blocos cirúrgicos esse ano e não é muito bom tanto para transplantados como para pacientes com IRC mas apesar de todos os contratempos a compensação de estar fora das máquinas não tem preço um grande abraço pra você e acho muito interessante esse espaço que voçê criou aqui bjssss.

Fernanda Cavalcanti disse...

Oi, Ana! Me chamo Fernanda, tenho lúpus desde os dezoito anos e recentemente descobri que tenho também GESF e IRC.

No meu último exame meu PTH deu elevado.

Tenho uma página no face, a qual debatemos não só sobre lúpus, GESF e IRC, como as mais diversas doenças autoimunes.

Seria muito gratificante a sua participação e dos demais colegas.

Abraços!!!

https://www.facebook.com/falandosobrelupus1

Sueli Caramello Uliano disse...

Não entendo de IRC, mas Calcitriol nada mais é que Vitamina D. O PTH sobe quando falta cálcio, pois para regular essa falta, o PTH vai tirar cálcio dos ossos e cobrir as necessidades do organismo. Muito frequentemente, o que está faltando não é cálcio, mas o corpo está jogando o cálcio dos alimentos fora porque falta vitamina D para metabolizar o cálcio. O calcitriol é justamente a vitamina D (colecalciferol é o nome da substância que se transforma em Calcitriol). Mais um detalhe: os médios costumam prescrever doses muito pequenas de vitamina D, algo em torno de 400 UI por dia. Isso é insignificante, já que, ao tomar 20 minutos de sol com braços e pernas expostos, produzimos mais de 10.000 UI. Os pacientes dialíticos, no entanto, têm características específicas que eu não sei avaliar.

glaucio disse...

toma Mimpara o unico remedio que vai direto no PTH alto

glaucio disse...

por favor me add no seu facebook posso te passar mais informaçoes obrigado

Meire disse...

Olá.
Me chamo Meire e faço hemo a 10 anos, e no momento meu pth ta 1600, to tomando o Mempara ha 20 dias e ja diminui muito (pois o pth era 2000), as dores nos calcanhares, joelhos, pernas e agora em mãos, ombros e bracos sao quase q insuportáveis e me tira o ânimo de fazer as mínimas coisa, mas espero q melhore.
Na última consulta q foi ontem (9/3/17), vou começar c 2 carbonato de calcia distante das refeições.
Espero q ao ler essa msg ja esteja transplantada Aninha
Bjs
Fé E esperança
Q Jeova nos ajude dando força bjs