sábado, 28 de agosto de 2010

9 meses...

Às vezes não acredito como passou tão rápido o processo de adaptação.
Foi tão rápido, que às vezes penso que minha internação láááá no começo, foi um pesadelo, que não aconteceu de verdade.

Esse 9° mês foi um pouco complicado, pois tive sintomas que nunca havia apresentado. Como dor no peito, refluxo, visão turva, audição um pouco prejudicada, dor no ombro, dor de cabeça, insônia e falta de apetite.
São sintomas que a própria hemodiálise causa, é "normal" isso. É muito importante nesses momentos não desanimar, pois a cabeça costuma duplicar os sintomas. Para quem esta nesse mesmo barco, tenha fé, independente de religião, se acredita ou não em Deus, mas tenha fé, nem que seja em si mesmo, ou em um futuro melhor. Acredite, e acredite do fundo do coração que uma hora vai ficar bem, pois como meu irmão me diz sempre "nada é para sempre, não existe tristeza que uma hora não passe".

Fazer nove meses de IRC não é para comemorar, mas também não é para chorar.
Fazer nove meses de IRC é ter orgulho de estar aqui para continuar escrevendo minha historia.
Fazer nove meses de IRC é renovar as esperanças de melhorar e seguir em frente.
Fazer nove meses de IRC é simplesmente ser feliz por estar viva.

A medicina esta aí, buscando cura para todas as doenças. Existem massas (governamentais e/ou não) que exploram a situações dos enfermos, que não estão interessados que as pessoas melhorem suas condições, e que lucram mais com as pessoas doentes do que com elas saudáveis, mas existe sempre uma andorinha, que mesmo sozinha, ainda tenta fazer o verão. Então são para essas andorinhas, que hoje estão buscando melhorias na saúde, seja para AIDS, para o câncer, para doenças crônicas em geral, que eu dedico a musica abaixo.


Fix You - Coldplay







Minha mente atualmente esta normal.
Meu físico atualmente esta razoável (muita dor nas costas, joelhos, calcanhar e braço).

Nenhum comentário: