quinta-feira, 1 de abril de 2010

Dia da mentira...

Bem que poderia ser uma brincadeira, de mau gosto, mas uma brincadeira.
Hoje quando sai da clinica, fui até a esquina esperar o Sr. Nelson pegar o carro...
Esperei, esperei, esperei... e nada dele aparecer...
Eu e minha mãe começamos a ficar preocupadas, e resolvemos ligar no celular dele, mas no que pegamos o celular, ele apareceu, estava pálido.
Então ele nos contou que o carro foi roubado, na hora parece que me tiraram o chão, senti uma vertigem, uma vergonha, uma chateação absurda, pois se eu não estivesse doente, ele não teria perdido o carro já que roubaram bem próximo da clinica.
A pressão dele ficou alterada, então o levamos para clinica e lá a enfermeira cuidou dele, enquanto isso, liguei para meu irmão que veio nos buscar e ajudar o Sr. Nelson com o boletim de ocorrência...
Eu estou extremamente chateada com isso, me sentindo até culpada e frustrada por não conseguir fazer esse tratamento sem ajuda das pessoas.

Um dia muito triste hoje...

Nenhum comentário: